fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

Congresso Mulheres de Honra: Liberação do Perdão, Cura interior, Renovo e Avivamento





Liberando o perdão. Foi nesta direção dada pelo Espírito Santo que a Apóstola Ana Marita Terra Nova iniciou a ministração desta última noite do Congresso Mulheres de Honra. Ela convocou suas 12 discípulas e as ungiu para orar pelas congressistas e quebrar todas as resistências no mundo físico e espiritual.


Uma atmosfera de unção tomou conta do Templo do MIR, e a glória de Deus foi real em nosso meio. "Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus." (Romanos 3.23 a 26).


A Apóstola lembrou a história da criação do homem segundo o livro de Gênesis: "Adão e Eva foram criados à imagem e semelhança de Deus para viver com Ele em santidade, mas perderam a conexão, o relacionamento, a herança e saíram do centro do propósito do Criador. O pecado que entrou no mundo gera medo de Deus, e é por isso que falo sobre a importância da cura interior em Cristo Jesus", pontuou.


Seguindo nesta linha de pensamento, a Apóstola lembrou que o plano de Deus para nossas vidas é maravilhoso desde a criação, mas que somos atacadas e tentadas diariamente. No entanto, conforme está descrito em Efésios 6:12: "Nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra os principados e as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais".


Lutemos como mulheres que defendem os princípios da Palavra, como exército do Deus vivo. Não é à toa que, em Joel 12:15- 17, diz: "Tocai a trombeta em Sião, promulgai um santo jejum, proclamai uma assembleia solene. Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, reuni os filhinhos e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva, do seu aposento."


"O Espírito Guerreiro de Deus nos treina para entrar nessa batalha", afirmou a Apóstola que também frisou: "Você é povo forte, valente, veloz, corajosa e forjada pelo Senhor Jesus, e você proclamará o ano aceitável do Senhor. Lute em oração por seu casamento, seus filhos, suas discípulas, sua igreja, seu território. Estamos em uma guerra em um mundo regido pelo Príncipe do ar, descrito em Efésios."


Esse príncipe do ar traz a

permissividade, crises existenciais, alienação dos filhos e a desintegração das famílias. Satanás desvia tudo o que a Bíblia ensina, por meio da comunicação em massa - da mídia, através da moda, da música. O deus deste mundo cegou o entendimento dos incrédulos para que não lhes resplandeça a luz do Evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. (2ª Coríntios 4:4).


"O objetivo é afastar você dos propósitos do Criador, mas o evangelho está aí; ele é boas novas", enfatizou a Apóstola.


Unidade e fortalecimento - A Apóstola ainda lembrou da singularidade nas ministrações nesses três dias. Preparadas com antecedência e mesmo sem saber, as palestrantes foram guiadas pelo Espírito Santo a entregar o mesmo recado para a Igreja neste congresso que foi formado por um corpo de Mulheres.


Portanto, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais, como está escrito em Efésios 6.


“E vamos orar para caminharmos segundo a mente de Cristo, porque tudo o que foi ministrado aqui durante esses 3 dias nós tomamos posse. Fomos criadas com um propósito. O pecado nos afastou de Deus, nos tirando de perto Dele e a nossa identidade, mas através de Jesus fomos resgatadas e agora somos a noiva de Cristo, pura, Santa e imaculada, e somos parte do exército de Deus, trabalhando pela expansão do Reino até que Ele venha", declarou a Apóstola.


Para encerrar com muito poder, graça e gentileza, a Apóstola convocou sua liderança até o altar, que oraram liberando unção de prosperidade e generosidade sobre todas as mulheres que trouxeram doações para o projeto social e também ministrando vitória na vida de cada uma.


O Congresso finalizou com expectativas altas para tudo que acontecerá na edição do ano que vem, pois as mulheres aprenderam sobre a importância de deixar um legado. Coisas grandiosas fez o Senhor, por isso estamos alegres. (Salmos 126.3)

318 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page