fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

JESUS, O REI DA MINHA FAMÍLIA - Parte 7


“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome.” (Efésios 3:13-15)


Deus tem sido Bom com nossa geração, pois a despeito de tanto descaso, em relação ao Reino, a paciência do Rei conosco revela como Ele é um Pai benévolo. Me sinto filho do Rei, não tenho sentimento de distância nem abandono, pois O sinto em todo tempo comigo, mesmo quando minha maturidade não está ajustada, Ele, pacientemente, me consolida.


Somos resultado dessa comunhão maravilhosa com o Rei e que desfrutamos com o Senhor. Deus conduzir nossa vida, e isso só faz sentido se, de fato, Ele reinar sobre o que somos e o que possuímos. “Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.” (Romanos 11:36)



DEIXE JESUS REINAR NO SEU TERRITÓRIO


Para Jesus ser o Rei, você tem que ser um guerreiro para não permitir que o inimigo entre no seu território. Você já viu uma monarquia ser conquistada sem uma guerra na geografia? Então, existem muitos adversários que desejam invadir o território que possuímos, pois NÃO EXISTE TERRITÓRIO DESOCUPADO, e não existe uma pessoa ‘sem dono’, ou você pertence a um ou pertence ao outro. Então, os territórios precisam ser preservados, pois o adversário quando entra faz um seque e não nos “deixa” reinar, ainda que tenhamos legalidade.


A residência com decência é necessária. “E, chamando-os a si, disse-lhes por parábolas: Como pode Satanás expulsar Satanás? E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; e, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir. E, se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes tem fim. Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não amarrar o valente; e então roubará a sua casa.” (Marcos 3:23-27)


Então, reafirmo que para Jesus ser esse Rei sobre nossas famílias, precisamos lutar, e lutar, e lutar, e continuar lutando contra principados e potestades, e o homem forte, inimigo da família, Satanás. Uma declaração de fé é boa, mas a atitude de fé é necessária. Não é só dizer para Jesus ser o Rei, é estar disposto a lutar com o inimigo. Quais são esses inimigos da família? Adultério e todo espírito de imoralidade que quer entrar nas casas e destruir as famílias – através da Internet, mentiras, dissimulações e o espírito de contenda. Esses são os assaltos que quando a família desperta vê que o inimigo já nos invadiu.


Entenda: Para manter a família em uma visão monárquica, precisamos extrair todos os inimigos do nosso território, porque está escrito que se o inimigo divide a família essa geografia fica comprometida, e facilmente poderá ser demolida, e como uma casa construída sobre a areia, com qualquer abalo, vai ruir. Acredito que você já está convencido de que uma família que serve a Deus deve ser um território monárquico.



O reino precisa ser proclamado


A Oração do Pai Nosso foi para que se percebesse a grandeza do Reino e como qualquer ambiente deve atrair o Rei e o Reino para si e para a casa. Jesus não deixou passar despercebido que mesmo na Oração Devocional o Reino precisa ser conclamado: “Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; e não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.” (Mateus 6:9-15)


Nosso sacerdócio não pode ser devedor dentro de casa. Vamos chamar para dentro da nossa geografia o Rei que reina. Não há nada mais poderoso do que uma casa ser doutrinada de que Jesus é o Rei daquele ambiente, e o temor e o respeito devem ser mantidos vívidos até para que Ele seja devidamente adorado. Se sua casa tiver essa postura, em uma consciência trabalhada, com certeza, será a referência e, a partir de você, muitos virão imitar esse padrão, e Jesus será o Monarca no nosso território. Ele nos fez Reis e sacerdotes; e como isso é verdade.



Continua...


932 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page