fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

Líderes de Honra, ungidos e indesistíveis na promessa


Um breve resumo de como foi o Seminário de Honra 2023


O Seminário de Honra 2023 trouxe confronto, direcionamento, ensino e muita unção de sabedoria para os congressistas. Entre os dias 16 e 18 de Março, o templo do MIR reuniu lideranças para lugares do Amazonas e do Brasil para serem treinados para um novo tempo de conquistas e de avivamento.


Na primeira noite (16), o Pastor Djalma Pinho, que é conferencista e Master Coach, abordou sobre história de superação e resiliência de Davi na terra de Ziclague, uma cidade que era dominada pelos israelitas, naquela época, e estava sob controle dos filisteus.


O pastor destacou que Davi sabia honrar os ciclos da sua vida. “Não troque as coisas de Deus pelas coisas do mundo. Davi vence golias; e ao receber a espada de Jônatas, ele entra em outro nível; você precisa subir de nível; Vamos virar a página; você foi chamado para conhecer ciclos”.


Outra atitude de Davi foi de proteção à sua mente; honrou ao seu líder (Deus), conforme ensinou o Pastor Djalma sobre prosseguir e vencer as adversidades. “Deus te trouxe até aqui para ir adiante com ele; Você não vai ficar parado no caminho; Não é hora de parar; quem desanima, atrofia; mas quem rompe, avança; você tem de ir além do cansaço; Não há dor que vai parar você”.


O caminho do milagre - Na segunda noite (17), o Apóstolo Renê Terra Nova trouxe uma ministração embasada no texto de Marcos 6:1-6, com reflexão importante sobre esse trecho. Na passagem, Jesus volta à sua cidade natal e prega nas sinagogas e chama a atenção de todos por Suas palavras e milagres.


No entanto, os moradores de Nazaré não acreditam que aquele homem, que eles conheciam desde a infância, pudesse ser um profeta enviado por Deus.


"Aqui, vemos um ato de desonra no reconhecimento da autoridade divina de Jesus. Os moradores de Nazaré não conseguem honrar a Yeshua como um verdadeiro profeta, pois eles o veem apenas como um homem comum, sem entender a grandiosidade de sua missão, mas isto não parou o Messias", enfatizou o Apóstolo.


Conforme o Apóstolo, eles se recusam a crer em Sua palavra e a testemunhar Seus milagres, perdendo a oportunidade de aproximar-se de Deus e receber bênçãos, milagres.


"Ali Jesus faz poucos milagres e vai embora, pois sem fé em Jesus, é impossível agradar a Deus. É perceptível que desonra estava instalada nos pensamentos e atitudes daquele povo. Jesus não trabalha onde a incredulidade impera, e não se move onde a incredulidade é ativada.”


O Apóstolo declarou que a semente da Fé seja liberada e a Honra reativada na vida da igreja.



Aprenda a plantar Honra


A última noite do Seminário de Honra, neste sábado (18), iniciou com muitos louvores e adoração. Os céus de Manaus puderam testificar que “Deus fez grandes coisas”.


No templo do MIR, o Apóstolo Renê Terra Nova utilizou Romanos 11 como texto base para o estudo bíblico; uma epístola do Apóstolo Paulo direcionada aos cristãos membros da Igreja de Roma. O Apóstolo iniciou a palavra lembrando que somos uma igreja que segue dentro da Visão Celular no Modelo dos 12; o modelo que Jesus criou para alcançar toda a Terra.


"Modelamos Jesus, e quem imita Jesus nunca erra, logo, a Visão funciona para quem funciona na Visão. Imitamos Yeshua seguindo o exemplo também do Apóstolo Paulo, como diz em 1ª Coríntios 11.1, 'Sede meus imitadores, como eu também sou de Cristo'.



Ele prosseguiu trazendo a reflexão sobre o que Jesus ensinou. "Maior é aquele que serve e que devemos amar uns aos outros. Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a vocês. Nunca falte a vocês o zelo, sejam fervorosos no espírito, sirvam ao Senhor, como diz Romanos 12.10".


O apóstolo também destacou que preferir honrar a ser honrado é um grande desafio; é descer para que o Eterno cresça em nossas vidas.


"Nossa vaidade impede a Honra em nosso território. Não honre as pessoas porque você deseja que a honra seja devolvida. Ministério não é oportunidade, é vocação. E quem é vocacionado, cumpre o que lhe cabe. Por isso, é importante viver no amor que flui de Deus, pois onde o amor entra, o problema dissolve. Sua célula, macro célula, setorial, estará exatamente como o Eterno deseja para Seus propósitos".



Plante honra, honrando a Deus


O convidado de honra da noite de encerramento, desta 15ª edição do Seminário de Honra 2023, foi o Pr. Djalma Pinho, que ministrou em cima de 1ª Reis 19:1-18, em que é narrada a história do Profeta Elias, no período do reinado de Acabe e Acazias; na narrativa, uma mulher cujo nome era Jezabel, que tinha grande poder na época, causou grande apostasia e perseguiu o Profeta Elias.


Para anunciar o poder do único Deus criador dos céus e da Terra que merece ser adorado, Elias enfrentou os 450 profetas de Baal e Deus venceu a batalha, mas Elias foi ameaçado por Jezabel e resolveu se esconder.


"Não importa quem esteja te perseguindo, ou qual situação você esteja enfrentando, você se recupera é na Palavra, no tempo com Deus. Elias foi se arrastando, na direção do Senhor; talvez você esteja se arrastando no ministério, na família, no trabalho, apenas continue, o Espírito Santo está com você. Não pare".


O Pastor Djalma de Pinho pontuou que a caverna do medo, é uma falsa segurança, onde o inimigo tem mais facilidade para cercar você, pois a caverna é um cemitério. "Mas em nome de Jesus, não há lugar para a morte do seu casamento, do seu ministério e de seus sonhos.Faça igual ao profeta Elias, vá se arrastando para Deus nesse deserto, fique debaixo da sombra do Altíssimo, como o profeta ficou debaixo do pé de Zimbro. No Zimbro há honra, na caverna há desonra. Quando você prioriza Deus, Ele cuida das demais coisas. Confia no Senhor, não espere sua resposta nas ações humanas, aprenda a plantar honra, honrando a Deus em todas as áreas, sentimentos e propósitos na sua vida. Faça o que Deus espera de você"



166 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page