fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

O Senhor nos livra das aflições - Parte 1


“Muitas são as aflições do justo, mas de todas elas o Senhor o livra.” (Salmos 34:19)


Sabemos que no mundo enfrentamos aflições, mas o Senhor sempre tem para nós livramento. Porém, precisamos saber do que teremos livramento. Em Naum 1:7-9, a Bíblia diz que Deus é nossa fortaleza no dia da angústia, conhece Seus filhos nesse dia e nós não passaremos pela mesma angústia duas vezes. “O SENHOR é bom, ele serve de fortaleza no dia da angústia, e conhece os que confiam nele. E com uma inundação transbordante acabará de uma vez com o seu lugar; e as trevas perseguirão os seus inimigos. Que pensais vós contra o SENHOR? Ele mesmo vos consumirá de todo; não se levantará por duas vezes a angústia.”


Como filhos de Deus, devemos vencer as aflições o caráter desajustado, deformado. Devemos, também, vencer a guerra para manter o que já foi transformado e ajustado, em linha e em plena saúde o caráter que já recebemos e que já foi formado em nós.



Vença as aflições causadas por palavras


Muitas pessoas deixam morrer todos os seus projetos de vida, por causa de palavras recebidas na infância por pessoas que exerciam autoridade sobre elas, como os pais, avós, professores etc.


O caráter fica machucado, abatido, deformado e a pessoa não consegue reagir. Um trauma embaraça a voz, a expressão e a ação. Na verdade, uma pessoa traumatizada pode reprimir todas as suas qualidades.


Durante toda a vida, fomos acumulando níveis de injustiça. A Palavra nos mostra que muitas são as aflições dos justos e que os lugares onde começam os traumas que deformam o caráter de um líder são em casa, na escola e no trabalho, dependendo das pessoas que você convive nestes lugares.


Três homens na Bíblia tiveram aflições inenarráveis. E é sobre eles que vamos conversar nesse estudo:



1. Abel


Abel foi um Pastor, homem santo, manso e íntegro, que tinha o mais terrível inimigo que um ser humano pode ter: O próprio irmão. Hoje em dia, graças a Deus, muitos “Abéis” estão vivos. Porém, não podemos nos esquecer de que, infelizmente, não faltam os “Cains”.


Caim não está longe, e pode estar dentro de casa; é um estrategista maligno, homem possesso de furor, inveja, com espírito de competição. Na Igreja, muitas vezes, é difícil detectar Abel, mas é fácil saber onde está Caim.


Hoje vemos mais características de Caim do que a benevolência de Abel, em muitas pessoas. Não vemos as pessoas apascentarem adequadamente, não por falta de ensino, mas por falta de caráter. Defraudam de uma forma terrível, ferem e parece que nem se dão conta de tais atitudes; perderam o temor.


Abel é adorador; Caim, competidor. Não há como a competição ganhar da adoração. Se um indivíduo já descobriu o caminho do Trono, não será confundido, porque só quem sabe valorizar esse caminho é o adorador e o adorado.


E Deus disse que conhece o adorador, porque busca por ele: Deus procura adoradores que o adorem em espírito e em verdade. “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.” (João 4:23)


Continua...

1.308 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page