fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

OBEDECER É NÃO RETARDAR A BÊNÇÃO


“Escutarei o que Deus, o Senhor, disser; porque falará de paz ao seu povo, e aos seus santos, contanto que não voltem à insensatez. Certamente que a sua salvação está perto daqueles que o temem, para que a glória habite em nossa terra. A benignidade e a fidelidade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram. A fidelidade brota da terra, e a justiça olha desde o céu.” (Salmo 85:8-11)


É preciso entender que quando Deus fala algo, não se deve resistir, e sim entregar. Por quê? Porque Deus tem os seus métodos de trabalhar com filhos. Ele sempre tem algo tremendo para derramar sobre nós. Obedecer é não retardar a bênção, literalmente.



O obediente é guardado pelo Senhor


O obediente é guardado pelo Senhor. Quem não obedece à voz de Deus, atrasa a bênção. A melhor arma diante do confronto é a rendição, ensino isso desde que cheguei em Manaus. Com Deus não se discute. Se o Senhor diz que é para obedecer, devemos obedecer. Quando você obedece, há confronto no inferno; está sendo declarado que você crê nas promessas de Deus. Quem obedece ganha crédito. O crédito é o suprimento de Deus.


O resistente e o soberbo serão punidos, mas o fiel será guardado pelo Senhor. “Amai ao Senhor, vós todos os seus santos. O Senhor preserva os fiéis, mas retribui com largueza ao soberbo.” (Salmo 31:23). A graça do Reino é dar; Deus sempre dá. O dar de Deus é semente. Deus dá porque sabe que vai colher no tempo certo. Quem é fiel a Deus no pouco recebe o muito. Todo aquele que é fiel, é guardado por Deus.


O melhor ponto de investimento para a vida do homem é Deus, e todo crente deve proclamar a fidelidade e falar da salvação do Senhor. “Não ocultei no coração a tua justiça; proclamei a tua fidelidade e a tua salvação; não escondi da grande congregação a tua graça e a tua verdade.” (Salmo 40:10)


Quando a Bíblia diz no Salmo 85:8-11: “Escutarei o que Deus, o Senhor, disser; porque falará de paz ao seu povo, e aos seus santos, contanto que não voltem à insensatez. Certamente que a sua salvação está perto daqueles que o temem, para que a glória habite em nossa terra. A benignidade e a fidelidade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram. A fidelidade brota da terra, e a justiça olha desde o céu.”, isso significa que quem anda nos caminhos do Senhor terá paz, retidão e a manifestação da glória e fidelidade brotarão da terra; os olhos do Senhor estarão do Trono, contemplando cada um. Por outro lado, a infidelidade de alguns não impedirá que os que creem prosperem, porque Deus anula maldições e conduz o crente em vitórias (Romanos 3:3).


Os olhos de Deus procuram os fiéis da Terra para que com Ele habitem e O sirvam (Salmo 101:6). Deus não muda a Sua aliança para com o homem e a Sua fidelidade se estende de geração a geração (Salmo 117:2; 119:90)


É necessário vivermos verdadeiramente tudo o que temos ouvido e visto, para que a nossa mente seja renovada a ponto de conseguirmos externar no espírito, na alma e no corpo a fidelidade do Reino. Com essa completude, nenhum gigante, nem pecado, nem infidelidade nos assaltarão, e veremos que é possível deixarmos de ser homens e mulheres corrompidos e nos tornarmos homens e mulheres renovados.


2.149 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page