fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

Somos a Casa da Fé


Marco Telles, que é um músico nordestino, fez um momento de louvor com voz e violão antes da ministração, e depois citou o capítulo de Hebreus 11:5, que traz respostas a respeito do que é fé.


Ele trouxe uma reflexão acerca de várias partes do texto e disse que confiança, esperança e fé têm o mesmo sentido e quem as tem possui um grande galardão, mas essa fé deve estar baseada em Cristo, aquele que é maior que Moisés, que os anjos e em tudo é suficiente. “Fé e obras são a base da nossa espiritualidade, pois a fé sem obras é morta, nós precisamos das duas coisas”.


Abel, Enoque, Noé e Abraão e Sara, personagens bíblicos citados como exemplo de fé devem nos encorajar hoje a acreditar no que é invisível e no prêmio maior que há de vir, apesar das adversidades. “Somos a Casa da Fé, quando os doentes chegarem, vamos dizer a verdade de que Deus pode lhe curar, mas ainda que isso não aconteça, a nossa fé está para além da vida”, aconselhou.


A programação foi terminada com a Igreja cantando parabéns para o preletor convidado, que fez aniversário no último dia da FONTE Conference.

131 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 comentários


Foi demais !!

Curtir

derlayne vilar
derlayne vilar
14 de nov. de 2021

Foi linda essa ministração, menos existencialismo, que tenhamos entendido que a promessa não é terrena, mas invisível e eterna.

Curtir
bottom of page