fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

UMA IGREJA NO MOVER DO ESPÍRITO SANTO - Parte 08






“Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz”. (Romanos 8:5-6)


As decepções no discipulado se dão porque homens desejam ocupar o lugar de Jesus e os discípulos, por serem neófitos na fé, se iludem com facilidade e acumulam decepções.

 

O que o homem poderá fazer para satisfazer os anseios espirituais de uma pessoa? A vida espiritual deve ser guiada pelo Espírito Santo e é nossa obrigação espiritual levar o discípulo a gestar intimidade com Deus para aprender a caminhar sozinho, desenvolvendo uma leitura diária da Palavra, oração específica conhecendo a Deus e Suas promessas, assim como mostrando o nível de compromisso que o discípulo precisa ter com Deus.

 

O crescimento espiritual do discípulo é responsabilidade do discipulador. Se o discípulo não desenvolve não estamos sendo guias espirituais, mas mentores emocionais, deixando que precisem mais de nós do que de Deus. E o que eles precisam é ter experiência com o Espírito Santo permanecerem no Reino, firmes em Jesus. “E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda. Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele.” (1 João 2:28,29)

 

 

IGREJA NA PLENITUDE DO ESPÍRITO

 

Não podemos ter uma igreja de plenitude do Espírito, se não fazemos o dever de casa, levando os discípulos a se aprofundarem nessa experiência. Uma experiência mais profundada não é estressar os discípulos com programações, mas ensiná-los a buscarem a Deus para que possam vencer o dia mal. “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.” (Efésios 6:13). São níveis de batalha que eles travarão e é nossa missão adestrá-los para que suportem as provas que passam na vida.

 

Ninguém neste mundo ficará sem aflição e guerras, mas Ele nos prometeu o bom ânimo, e se não estivermos firmes nEle no dia da batalha vamos sucumbir na hora da prova. “Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.” (Tiago 1:12)

 

Nós precisamos do Espírito Santo para tudo, para uma simples direção de ir ao supermercado como uma decisão mais aprofundada que mudará completamente nosso destino. Líderes que não buscam a Deus para suas decisões primárias se habituam a catalogarem frustrações. Líderes que dependem de Deus para tudo são donos de experiências inéditas que mudam históricos tanto das suas vidas como daqueles que se aproximam deles.

 

A Palavra ensina que para se aproximar de Deus precisamos desenvolver nossa fé, crendo que Ele existe e guarda nossas promessas. “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” (Hebreus 11:6)

 

Essa intimidade não nasce de qualquer maneira, são hábitos desenvolvidos para não ficarmos nas mãos dos homens, mas termos nossa confiança nEle, uma confiança que esteja acima de qualquer falsa expectativa.

 

Continua...

 

1.165 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page