fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

Uma atmosfera de Poder e Unção






Como descrever essa segunda noite do Congresso Internacional da Visão Celular? Foi como se o céu tivesse descido na Terra e a estrutura geográfica do MIR ter ficado pequena diante do tamanho da glória que encheu o templo. Os líderes que vieram dos quatros cantos do Brasil e do mundo, saíram transbordando do alimento espiritual que receberam através das ministrações.


O preletor oficial foi Pastor Marco Feliciano que, em uma profunda reflexão bíblica, explorou a complexidade da criação humana ao ler Gênesis 2:7 e João 20.22. Levantando questões filosóficas fundamentais sobre nossa origem, propósito e existência, ele destacou a importância de compreendermos nossa jornada terrena e seu impacto em nosso futuro na eternidade.


"Nossas ações aqui refletem em nossa eternidade, determinando nosso destino. Deus criou os anjos com um sopro, e a adoração surgiu, com os anjos cantando incessantemente para Ele. No entanto, Lúcifer, regente do coral celestial, desejou ser maior que Deus, seduzindo outros anjos. Deus então criou o anjo Miguel, que lançou Lúcifer do céu junto com uma terça parte dos anjos que o seguiram".


Ele prosseguiu. "Após essa rebelião angelical, Deus criou a Terra, que era sem forma e vazia. Ele criou o céu, o mar, as plantas e os animais, que O louvavam instintivamente. No entanto, Deus decidiu criar o homem à Sua imagem e semelhança, soprando vida em suas narinas. O homem recebeu poder e autoridade para governar sobre a Terra".



Marco Feliciano relatou sobre a trajetória do homem na busca pelo Senhor. "O homem pecou e foi expulso do Éden. Deus deu oportunidades à humanidade, mas chegou um momento em que a Terra estava corrompida, e Deus a destruiu com água, salvando Noé, sua família e um par de cada animal. Ao longo do Antigo Testamento, vemos a humanidade perdendo a comunhão com Deus. Mas um dia, o povo se arrepende, e Deus usa um adolescente chamado Joel para profetizar sobre o derramamento do Espírito Santo"

Com rhemas e profecias, o pastor enfatizou o poder do Espírito Santo. "Essa profecia se cumpriu após a ascensão de Jesus aos céus, quando os discípulos estavam reunidos e um vento impetuoso e poderoso encheu a casa, e todos foram cheios do Espírito Santo, falando em novas línguas, como línguas de fogo. O Pentecostes representa a devolução da autoridade que o homem tinha no Éden, capacitando-o a falar a linguagem celestial e operar milagres pelo poder do Espírito Santo.



A noite encerrou com uma oração fervorosa ministrada pelo Apóstolo Renê Terra Nova. "A profecia se cumpriu, e depois que Jesus foi assunto aos céus, um anjo apareceu aos discípulos e disse que da mesma forma que Yeshua subiu em breve voltará. Estamos aguardando o messias; nós vivemos para esse dia! E enquanto O esperamos, cumprimos a missão do M12, trabalhando para a expansão do reino de Cristo na Terra, conforme Ele nos ordenou".


Oferta - "Um coração que ama a vontade de Deus, se move no apostólico, cumpre o ide de Cristo seguindo nos passos da Visão Celular no Modelo dos Doze". Foi com base nessa vivência e entendimento que Apóstolo Manoel Cunha, de Manaus, ministrou a Palavra de dízimos e ofertas.


Ele testemunhou suas vitórias e prosperidade no M12, ao longo de 21 anos, na cobertura do Apóstolo Renê Terra Nova. “Nosso mentor nos ensinou que a Visão funciona, para quem funciona na visão, e para isso é necessário viver nos princípios bíblicos. Deus honrará seu esforço, fé e fidelidade.”



Líderes motivados - Em meio às manifestações de alegria e mover do Espírito Santo, a Apóstola Ana Marita Terra Nova encorajou os presentes a extraírem riquezas espirituais através da adoração. "Cada líder aqui seja abençoado, próspero, e tenha uma liderança eficaz de êxito e cheios da unção do Senhor. Tome posse em nome de Jesus”.


105 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page