fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

Yom Kipur – O Dia do Perdão


Do entardecer do dia 24 de Setembro até o início da noite do dia 25 de Setembro, os judeus vivem uma data muito importante: O Yom Kipur, também conhecido como ‘Dia da Expiação’ e ‘Dia do Perdão’, que tem origem no pecado bíblico do bezerro de ouro cometido pelo povo judeu. Após este pecado, Moisés orou e Deus perdoou os judeus.


Os judeus, de modo geral, levantam bem cedo, antes do nascer do sol, e recitam orações e cânticos de arrependimento que expressam a profunda tristeza que cada indivíduo e toda coletividade tem pela fraqueza e pelos pecados que eles cometeram.


O Yom Kippur faz referência ao livro de Êxodo, na parte que narra o pecado cometido pelo povo judeu ao adorar um bezerro de ouro. Por conta dessa transgressão, Moisés subiu ao monte e clamou a Deus por perdão.


Nesse caminho o Yom Kippur, reflete o Sacrifício de Cristo por nós. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que Nele crê, não morra, mas tenha a vida eterna.” (João 3.16).


Este feriado judaico é um dia de jejum, intensa oração, reflexão e arrependimento para o perdão de pecados. Yom Kippur também nos ensina sobre o significado do sacrifício de Jesus por nós.


O véu do templo se rasgou de alto a baixo e temos livre acesso ao Pai; assim como Ele nos amou e nos perdoou mesmo sem merecermos, o dia do Perdão nos leva a refletir o amor de Deus, liberar perdão a quem nos tem ofender e ser grato por tamanha graça.


Que todo dia seja uma forma de engrandecer ao Eterno com a certeza do Yom Kippur, latente no coração. O dia do Perdão é uma data que deve trazer reflexão, levar à transformação de vida e encher os nossos corações de gratidão.


Viva Yom Kippur!

165 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page