fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

A FÉ QUE VENCE O MUNDO - Parte final


“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.” (1 João 5:4)


Deus nos deu a fé que vence o mundo (I João 5:4). O mundo é tudo aquilo que vem como empecilho, bloqueio para que não realizemos as metas que o Senhor põe em nosso coração. Deus nos dá o recurso para suprir todas as necessidades, e um dos recursos mais eficazes é a fé. Um homem de fé só vive pela fé. É através dela que superamos todas as dificuldades.


Algumas pessoas sempre procuram argumentos para reforçar a própria incredulidade. Os que creem falam do que creem e são bem-aventurados, porque não viram, mas creram. A Bíblia diz que “temos o mesmo espírito de fé, conforme está escrito: Cri, por isso falei; também nós cremos, por isso também falamos.” (II Coríntios 4:13). O líder não anda por vista, pelo que vê.



FÉ AO QUE DEUS NOS MOSTRA


Precisamos abrir os olhos espirituais para vermos que Deus nos chamou para andarmos ligados mais nas coisas espirituais do que nas carnais. O homem carnal discerne de forma carnal, mas o homem espiritual discerne as coisas espirituais. É possível alguém estar no Reino de Deus, mas não discernir o que é espiritual. Uma pessoa assim trabalha só com a mente e com o coração totalmente ‘fora do prumo’, sem ligação com o Espírito de Deus (1 Coríntios 2:14,15).


A mente dessa pessoa é uma desordem, porque fica no convencimento da obra da carne. Somos de um Reino que não faz parte do mundo físico, e Deus nos salvou para andarmos mais no mundo espiritual do que no físico (João 17:14). No entanto, devemos ser verdadeiros na visão daquilo que Deus nos mostra e, para isso, precisamos de três características: Honestidade, Integridade, Dignidade.


Essa é a tríade de fé, que gerará em nós o caráter de homens e mulheres de fé. Se não começarmos a ver as coisas simples, não veremos as grandes. Também não devemos aumentar as coisas simples que vemos. Quem vê um galho de amendoeira e não aumenta o que viu, recebe a resposta de cumprimento da palavra. Isso significa honestidade no que está vendo, não precisa inventar nada.


“E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? Eu respondi: Vejo uma vara de amendoeira. Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” (Jeremias 1:11). Algumas pessoas pensam que Deus só lhes dará visões de multidões, de campos enormes com plantações de trigo se transformando em gente etc. Mas, Jeremias, chamado desde criança por Deus, teve visões simples.


Outra visão foi a de uma panela a ferver (Jeremias 1:13). Aos olhos humanos, era algo simples, mas Deus trouxe uma revelação poderosa na explicação da visão: “Do norte se estenderá o mal sobre todos os habitantes da terra. Pois estou convocando todas as famílias dos reinos do norte, diz o Senhor; e, vindo, porá cada um o seu trono à entrada das portas de Jerusalém, e contra todos os seus muros em redor e contra todas as cidades de Judá. E pronunciarei contra eles os meus juízos, por causa de toda a sua malícia; pois Me deixaram a Mim, e queimaram incenso a deuses estranhos, e adoraram as obras das suas mãos.” (Jeremias 1:14-16)


Além das visões que precisamos aprender a discernir, devemos entender os atos proféticos: “Assim me disse o Senhor: Vai, e compra-te um cinto de linho, e põe-no sobre os teus lombos, mas não o metas na água. E comprei o cinto, conforme a palavra do Senhor, e o pus sobre os meus lombos. Então me veio a palavra do Senhor pela segunda vez, dizendo: Toma o cinto que compraste e que trazes sobre os teus lombos, e levanta-te, vai ao Eufrates, e esconde-o ali na fenda duma rocha. Fui, pois, e escondi-o junto ao Eufrates, como o Senhor me havia ordenado. E passados muitos dias, me disse o Senhor: Levanta-te, vai ao Eufrates, e toma dali o cinto que te ordenei que escondesses ali. Então fui ao Eufrates, e cavei, e tomei o cinto do lugar onde o havia escondido; e eis que o cinto tinha apodrecido, e para nada prestava. (Jeremias 13:1-7)


Se não tivéssemos esse respaldo, nossos atos proféticos não fariam sentido. A passagem do cinto mostrava a situação de Israel enterrada, apodrecida. Mas, Deus deu uma promessa que restituiria aquela Nação. Aquela era a situação do passado de Israel. Tudo quanto Jeremias falou, assim sucedeu. Tudo que aconteceu no reino físico foi antecedido das palavras que Deus mandava através de Jeremias e dos atos proféticos. É preciso ver como estão as coisas no Reino de Deus, para trazer as respostas para o reino terreno. Jesus já preparou o novo e vivo caminho e nos convida para irmos por este caminho até a sala do Trono, que foi feita para que os filhos de Deus se apresentem diante do Todo-Poderoso e tragam de lá as respostas para o reino físico. E Deus ainda diz: "Procura lembrar-me; entremos juntos em juízo; apresenta as tuas razões, para que te possas justificar!" (Isaías 43:26).


O Senhor quer fazer o sobrenatural e, para isso, precisamos ser restaurados na nossa fé, que deve ser genuína, límpida, transparente, para galgarmos os territórios com convicção e para que haja a mudança tremenda tão esperada na nossa vida, em vários aspectos, em várias atitudes. Aprenda a colocar diante de Deus as promessas que Ele lhe fez, porque elas se cumprirão. Deus entrará nas nossas causas e dEle procederá a vitória, que nos dará o prêmio de ver que o tempo passou e fomos aprovados porque mantivemos a fé que vence o mundo.



329 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


bottom of page