fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

UMA IGREJA NO MOVER DO ESPÍRITO SANTO - Parte 2




“Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz.” (Romanos 8:5-6)

 

A igreja está convocada a viver no mover do Espírito Santo; não é uma proposta de homens é uma instrução Divina. No século tão confuso em que o ser humano perdeu o cerne da sua identidade e a confusão mental entrou também na igreja, pessoas que não sabem quem são não têm mais destino para suas demandas. Por quê? O pecado acelerou na sociedade e corrompeu os princípios, os valores estão a cada dia menos expressados e cada um faz o que acha. A insatisfação entrou no coração do povo e não tem mais felicidade nas geografias, por isso estão clamando por uma mudança.

 

Quem poderá ajudar? SÓ UMA OBRA DO ESPÍRITO SANTO. O poder do Espírito Santo precisa ser proclamado para que a igreja volte ao seu propósito, porque até seus profetas, homens de confiança do Senhor, vocacionadas por Ele, estão frios, indiferentes, não estudam a Palavra, não se dedicam à sua chamada e muitos estão em consonância com a proposta secular quando, na verdade, precisamos de profetas que arranquem o povo dos seus egitos particulares. “O SENHOR usou um profeta para tirar Israel do Egito e por meio de um profeta cuidou dele.” (Oseias 12:13)

 

Se a igreja não emergenciar sua cadência perderá o curso da conquista e será vencida pelas adversidades, pois não existem promessas para os negligentes nem vitórias para quem saiu do propósito. Por isso, a igreja dependerá do poder do Espírito Santo mais que nunca, até para que, na dependência do Espírito, possa voltar à chamada, porque foi contaminada pelas propostas sedutoras de uma falsa prosperidade.

 

 

DEPENDENDO DO ESPÍRITO SANTO

 

Ser próspero é direito de quem cumpre princípio e não de quem aventura um evangelho sem compromisso. “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6:33,34)

 

Voltar à Palavra e seus princípios é o maior trunfo que uma igreja genuína poderá obter, porque quando o livro é aberto tudo é revelado e nossas necessidades são apresentadas a Deus. O mover do Espírito Santo na igreja é uma necessidade dos salvos para que a igreja seja convencida de onde está e evite riscos de caminhos tortuosos. “Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.” (João 17:13-15)

 

Que sejamos de fato uma geração desejosa de viver essa plenitude do Espírito, e se não acontecer de forma coletiva, que sejamos no secreto, no particular, pois começando em uma pessoa incendeia a todos que estão ao redor. A obra do Espírito Santo levanta líderes comprometidos que não negociam a chamada e unção, e que com a entrega da própria vida mantém vivo o testemunho.

 

Estamos vivemos no século da carne e a ordem é que sejamos cheios do Espírito Santo, pois não existe autoconhecimento de erros, só o Espírito Santo tem a capacidade de nos convencer do pecado para que não atraíamos um juízo desnecessário sobre as nossas próprias vidas, e evitemos a visitação do anticristo nas nossas geografias.

 

“Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu. Eu vo-lo disse agora antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis. Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim; mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai, e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui.” (João 14:26-31)

 

Continua...

 

1.688 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page