fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
 

Filhas amadas e transformadas por Deus



Foram quatro dias para ficar mais perto do Pai, ouvindo a Sua voz, derramando a alma diante dEle e alcançando o favor do Senhor.


Cada ministração foi uma tradução do amor de Deus, um presente dos Céus recebido por milhares de mulheres do Amazonas e do Brasil.


Um tempo de revelação, de abrir de olhos e de mente, uma experiência marcante e extraordinária.



O encerramento do Congresso Mulheres de Honra 2021 teve a abertura feita por Rachel Terra Nova e também a irmã, Agnes, compondo a equipe de louvor e levando a Igreja a um momento de intensa adoração.


A Apóstola Ana Marita orou e clamou a Deus por libertação, cura e pela manifestação do Espírito Santo sobre as famílias.



Vencendo Jezabel na vida pessoal



A ministração da Apóstola Marita foi sobre Jezabel, uma princesa fenícia citada no livro de Reis que casou com o rei Acabe. Ela era arrogante, de personalidade forte, dominadora, controladora, uma mulher que espalhou a idolatria por Israel e uma sacerdotisa do mal que promovia a imoralidade sexual, além de usurpar o poder do rei e perseguir os profetas do Senhor.


A Apóstola explicou que Jezabel é um principado que tem o comando de muitas potestades e se estabelece na sociedade como um sistema demoníaco, uma estrutura de governo que controla e cria fortalezas mentais e espirituais, uma estrutura de domínio que ataca a Igreja de Cristo.


“Essa revelação tocou muito o meu coração e eu fiquei me perguntando: como andam as mulheres da casa de Deus? Tenha cuidado e ore por sua mente todos os dias, para que o mal bata em retirada e sua mente não fique enferma e não permitindo entrar a luz do evangelho de Cristo, a revelação do Senhor. Que todo pensamento seja cativo à obediência de Cristo”.



Outro ensinamento trazido foi o de que quando o espírito controlador jezabélico se manifesta, o homem passa o controle do lar para a esposa, fica sem direção sacerdotal, não é ousado, é acomodado e tem dificuldade de conquistar, porque Jezabel transforma homens em Acabes, fracos e submissos, que perdem sua força e virilidade. Por outro lado, Jezabel transforma as mulheres em pessoas preguiçosas, desorganizadas, desleixadas e que não honram e nem respeitam o marido. “Não vamos ficar vulneráveis, pois estamos protegidas pelas armas espiritais do Senhor, estamos seguras em Cristo Jesus. Mulheres santas expulsam todo espírito de manipulação”.


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo