fbq('track', 'AddPaymentInfo'); fbq('track', 'InitiateCheckout'); fbq('track', 'Lead'); fbq('track', 'ViewContent'); fbq('track', 'Purchase', {value: 0.00, currency: 'USD'});
top of page

A MEDIDA DE FIDELIDADE - Parte final


“Que os homens nos considerem, pois, como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer nos despenseiros é que cada um seja encontrado fiel.” (1 Coríntios 4:1,2)


A vontade do Pai é que todos nós alcancemos a medida de fidelidade absoluta no poder do nome de Jesus. Ser fiel fala de ter um caráter que sonha conquistar todo o nível de ajuste que Deus oferece. A fidelidade passa a ser um estilo de vida gerado pelo Espírito Santo em nós. Precisamos entender, nesse processo de caminhada em busca da fidelidade, que vivemos em uma sociedade cheia de enfermidades e um dos fatores enfermos que mais se destaca é justamente a falta de fidelidade.


Tudo começa dentro de nós. Só conseguiremos mudar a sociedade que se encontra enferma a partir do caráter fiel que Deus gerar em nós. Existem dois aspectos importantes que precisam ser gerados pela fidelidade em nós, em nosso caráter:



Fidelidade gera responsabilidade

“Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” (Romanos 14:12)


A Bíblia está cheia de referências que nos remontam à responsabilidade pessoal. A promessa para os fiéis é a coroa da vida. Mas, a coroa da vida é para quem deseja este nível de fidelidade: fidelidade que gera responsabilidade. A responsabilidade do líder reflete um caráter fiel. Quem é fiel é responsável e vice-versa. É um condicionamento. Não há como atestar que pessoas que vivem relaxadamente, não cumprem horário, não honram compromissos, não entregam alvos, não se dedicam aos trabalhos que lhes são confiados, são fiéis.


Fidelidade é caracterizada pela responsabilidade, pelos cumprimentos aos votos feitos. Não podemos encarar a palavra responsabilidade como um fardo que não podemos suportar e carregar. A responsabilidade bem como o temor são ingredientes do caráter fiel. Deus quer gerar uma Igreja fiel e por isso está-nos chamando para padronizar uma Nação. Conseguiremos isso a partir de um caráter fiel, porque seremos encontrados fiéis. Teremos uma fidelidade regada pelo temor e pela responsabilidade.


Algumas pessoas são fiéis apenas quando buscam seus próprios interesses. Elas têm um tipo de fidelidade condicionada ou conveniente. Porém, estamos vivendo um tempo de restauração e a responsabilidade é o resultado de uma pessoa com o caráter tratado. Quando a pessoa age por amor e caminha pela fidelidade sem interesses, ela prova que alcançou maturidade.


Haveremos de sonhar e viver as delícias de um caráter fiel. Quando alguém lhe perguntar por que você é fiel, você responderá que é fiel porque fidelidade faz parte de sua natureza. Chegará um dia em que ter um caráter fiel será a mesma coisa que beber água e se alimentar.


Fluiremos, assim, sem resistências, sem raízes de humanismo que entraram em nossa alma e que precisam ser quebradas, em nome de Jesus. O caráter de Cristo ferverá em nosso ser e as pessoas, ao olharem para nós, verão as marcas da fidelidade e da sinceridade, de alguém que tem um caráter totalmente aprovado pela graça, pela mão de Deus, pelos princípios da Palavra.


A responsabilidade é o resultado de uma pessoa tratada. Você tem sido responsável e fiel? Se você acha que sim, faça-se uma pergunta: Quais as motivações que fazem de você uma pessoa fiel? Há pessoas que são fiéis apenas por interesses próprios. Será que sua responsabilidade tem sido baseada em sua conveniência, em motivações erradas ou você é fiel no que faz, independente dos resultados?


Todos nós daremos conta a Deus por todas as coisas. Prestaremos contas do temor de Deus em nossos corações, de nossa responsabilidade, dos alvos que nos foram dados. Por isso, devemos aproveitar cada momento. “Os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos” (I Pedro 4:5). Deus tem-nos colocado em um lugar de excelência, de postura de líderes de êxito.


O que devemos fazer? Seguir estes conselhos: buscar a fidelidade que gera temor, buscar a fidelidade que gera responsabilidade e permanecermos firmes. Precisamos corrigir as áreas nas quais precisamos ser tratados. Deus está nos tratando, mas podemos descansar, porque tudo que Ele faz é muito bom e o Seu propósito é nos tornar pessoas fiéis. Então, aqueles lugares que precisam ser transformados, serão mexidos e veremos a vitória sendo estabelecida plenamente em nossas vidas.


324 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page